digestão

O corpo humano pode ser definido como um conjunto de células que se organizam em tecidos para formar os órgãos e sistemas funcionais do organismo. Cada uma das células que compõem esta complexa máquina chamada ser humano precisa de energia para realizar o trabalho para o qual foi geneticamente programada. A energia das células é obtida através do oxigênio e dos nutrientes contidos nos alimentos que ingerimos. Veja abaixo o quadro contendo um resumo de como ocorre todo o processo de digestão do corpo humano.

 

T.G.I.

 

O que é o Trato Grastrintestinal (T.G.I)?

O Trato Gastrintestinal (T.G.I.) é um dos maiores órgãos do corpo, estende-se da boca ao ânus, e é especializado em extrair os macronutrientes (carboidratos, proteínas e lipídios) e água dos alimentos, e em absorver os oligoelementos e micronutrientes (vitaminas e minerais). Também serve como uma barreira física e imunológica contra os microrganismos, antígenos ou material estranho consumido com os alimentos. A digestão dos alimentos é realizada pela hidrólise (quebra) de moléculas complexas em unidades simples, que podem ser absorvidas e utilizadas pelas células.

 

O que é o peristaltismo?

 

 

O peristaltismo, descoberto por Ernest Starling e William Bayliss, é uma série de contrações musculares organizadas e involuntárias, impulsionada pela musculatura lisa e coordenada pelo sistema nervoso autônomo, que empurra o alimento ao longo do TGI durante os processos digestivos.

 

 

Boca

A etapa inicial da digestão dos alimentos ocorre na boca e é muito importante para o sucesso de todo o processo. Os dentes vão moer e triturar os pedaços grandes de alimentos que mastigamos, transformando-os em partículas menores, capazes de receber a ação da amilase (ou ptialina), uma enzima encontrada na saliva que inicia a digestão dos carboidratos. A saliva também serve para umedecer e lubrificar os alimentos transformando-os no bolo alimentar.

 

 

Esôfago

 

O que é o esôfago?

 

O esôfago é um órgão tubular, com cerca de 20 cm de comprimento, cuja função é transportar o alimento ao estômago. Este transporte é feito através de movimentos peristálticos. Na junção entre o esôfago e o estômago, está o esfíncter esofágico, que se abre quando o bolo alimentar se aproxima, permitindo sua passagem ao estômago. No restante do tempo, fica fechado para impedir a volta de conteúdo do estômago para o esôfago (refluxo).

 

Estômago

 

O que é o estômago?

O estômago é um órgão em forma de saco, que tem funções mecânicas e químicas na digestão. Segundo os estudiosos, a etimologia da palavra é proveniente do grego stómakhos (derivado de stóma = boca, orifício). Em humanos, o estômago tem um volume de cerca de 50 mL quando vazio, mas pode expandir até 4 L.

 

As funções mecânicas do estômago são:

         1. reservatório de alimento (a parte superior do órgão relaxa sua musculatura, 
            aumentando sua capacidade e acomodando o alimento que está chegando); 
         2. mistura (a parte inferior,  através de movimentos decorrentes da ação  de 
            músculos da sua parede, mistura o alimento com o suco digestivo produzido 
            pelo estômago); 
         3. esvaziamento (liberação dos  alimentos já  parcialmente  digeridos para o 
            duodeno,  que é a primeira porção  do intestino delgado.  Neste ponto,  o 
            alimento apresenta uma consistência semilíquida e é chamado de quimo). 

 

As funções químicas do estômago são:

         1. produção de ácido clorídrico, que age sobre todos os tipos de  alimentos, 
            acidificando-os.  A mucosa do estômago tem uma proteção especial  contra 
            este ácido,  impedindo que,  em condições normais,  suas células  sofram 
            inflamações(o que pode levar a ulceração - ferida da parede do órgão); 
         2. produção do pepsinogênio, que,  em contato com o meio ácido  do estômago, 
            transforma-se em pepsina, enzima que digere (quebra) as proteínas;
         3. secreção do fator intrínseco, que permite a captação da vitamina B12 da 
            dieta.

 

Fígado

O que é o fígado?

 

O fígado é um dos maiores órgãos do corpo humano (pesa cerca de 1.5 Kg), e fica localizado no lado direito do abdome. É responsável por mais de 5.000 funções e produz a maioria das proteínas utilizadas pelo corpo, além de remover substâncias danosas. O fígado também produz a bile, que é transportada ao intestino delgado para ajudar no processo de digestão das gorduras.

 

 

Vesícula Biliar

 

O que é a vesícula biliar?

 

A vesícula biliar é uma bolsa situada junto ao fígado que armazena a bile, um fluido amarelo-esverdeado produzido no fígado que possui propriedades detergentes (emulsificantes). Após uma refeição, a vesícula libera a bile no intestino delgado, onde ela ajuda a digerir gorduras. Por dia, cerca de 880 mL de bile são secretados.

 

Pâncreas

 

O que é o pâncreas?

 

O Pâncreas é uma glândula mista (endócrina e exócrina) que derrama seu conteúdo enzimático no duodeno, colaborando com a digestão alimentar. Também secreta no sangue importantes hormônios que participam do metabolismo dos carboidratos.

 

Função Exócrina

A porção exócrina é responsável pela produção do suco pancreático - rico em bicarbonato, sódio, potássio, cloro, etc. Este também é rico em enzimas digestivas (amilase e a lipase pancreáticas, a tripsina e as peptidases) e é transportado até o duodeno através de um ducto excretor.

 

Função Endócrina

A porção endócrina do pâncreas representa de 1% a 2% do total do órgão e é composta por pequenos conjuntos de células que produzem hormônios. Os hormônios pancreáticos são: a insulina, o glucagon, a somatostina e o polipeptídeo pancreático - que participam no controle da glicemia.

 

Intestino Delgado

 

O que é o intestino delgado?

 

O intestino delgado é um órgão tubular, com aproximadamente 7 metros de comprimento, que serve para complementar a digestão dos alimentos e, principalmente, para promover sua absorção. O tempo que o alimento leva para percorrer todo o intestino delgado é aproximadamente 12 horas.

 

 

Duodeno

 

O que é o duodeno ?

 

O duodeno é a primeira porção do intestino delgado, que tem continuidade com o estômago a partir do piloro gástrico. Seu revestimento mucoso ("pele" que reveste internamente todo o tubo digestivo), com muitas pregas (vilosidades e microvilosidades), aumenta de forma importante a superfície de contato do órgão. No duodeno, as células intestinais secretam enzimas e outras substâncias. Nele desembocam os ductos que trazem os sucos digestivos produzidos pelo fígado (bile) e pelo pâncreas (suco pancreático).

 

Intestino Grosso

 

O que é o intestino grosso?

 

O intestino grosso é a última seção do tubo digestivo. Tem duas funções principais: absorver a água do material não digerido (originando as fezes) e armazenar as fezes, até que elas sejam expelidas através do ânus.

 

 

 

Cora Castro

 

 

Para ler o texto completo visite nossa página para desktop